Contrate agora Soluções Vogel

Contrate agora Soluções Vogel

Área do cliente

07. Mai. 2017 A importância da conectividade entre matriz e filiais

TAGS:

Buscar no blog


A importância da conectividade entre matriz e filiais

Quando uma empresa começa a crescer a ponto de abrir filiais e outras dependências, isso é normalmente uma boa notícia. É sinal de que os negócios estão prosperando e os resultados estão aparecendo.

Porém, normalmente crescer significa também ter de lidar com uma série de questões que não existiam antes, como a comunicação entre a empresa matriz e suas filiais. Veja como lidar bem com a questão da conectividade entre lojas, conectividade entre matriz e filiais e até mesmo a conectividade entre parceiros de negócios.

Por que a conectividade entre matriz e filiais é importante?

Basicamente, uma matriz e uma filial são duas estações de trabalho que possuem uma relação de co-dependência. Ao mesmo tempo que a filial necessita de um conjunto fixo de informações fornecidas pela matriz, a empresa original vai necessitar também monitorar o desempenho da sua filial e auxiliar da melhor maneira que pode.

Como fazer a comunicação entre matriz e filial?

Estamos na era da comunicação e existem uma infinidade de opções para conectar a matriz e suas filiais. O gestor dessa relação poderia, por exemplo, tentar estabelecer uma conexão wireless através de um sinal de rádio entre as duas empresas ou criar uma conexão através de um cabo de rede, porém essas duas opções podem se tornar inviáveis em termos geográficos ou econômicos.

A matriz e suas filiais também poderiam usar a Internet, por meio de uma VPN (Rede Particular Virtual), que permite a troca de informações pela Internet de maneira segura. Basicamente, uma VPN utiliza de criptografia para proteger os dados que serão transmitidos através de tunelamento pela rede, que é um protocolo que basicamente cria um “túnel” na Internet que vai de um computador para outro e que impede que outros PCs possam ver o que passa ali por dentro.

Ou ainda melhor, você poderia usar uma rede Methro Ethernet, uma tecnologia ainda mais moderna, que não precisa de Internet para fornecer o serviço, o que ocasiona uma melhor performance em relação a latência, segurança e serviços agregados.

Por exemplo, o Conexão Privada L2, oferecido pela Vogel, usa uma rede Methro Ethernet que contribui para aumentar a produtividade da empresa ao facilitar a conectividade entre matriz e filiais, entre lojas e entre parceiros de negócios.

O Conexão Privada L2 estabelece uma via de tráfego de dados exclusiva entre dois sistemas ou redes distintas, como sistemas de dados de filiais em comunicação com bancos e servidores de uma matriz, por exemplo. Sua empresa poderá realizar um compartilhamento de informações em alta velocidade, com seus dados trafegando por uma rede exclusiva e monitorada proativamente em qualquer dia ou hora da semana.

Talvez você se lembre das antigas redes internas, nas quais vários computadores compartilhavam recursos de um mesmo servidor, o Conexão Privada L2 torna essa mesma possibilidade viável em diferentes redes, em locais totalmente diferentes. Além do tráfego de dados inter-redes em uma mesma empresa, o Conexão Privada L2 pode tornar viáveis e mais baratos sistemas de comunicação de voz entre unidades de uma mesma empresa ou até mesmo o compartilhamento de plataformas de voz sobre IP nessas unidades.

Assim como ocorre em qualquer serviço de link dedicado, você sempre opera com a mesma largura de banda e pode modular ou dividir essa largura em termos de recursos ou tipo de uso – voz, imagem, dados – ou mesmo entre departamentos ou gerências.

O Conexão Privada L2 ainda permite o fluxo constante de dados entre filiais sem o tráfego por meio da internet, deixando de expor seus dados desnecessariamente. Essa é a solução ideal para auxiliar na conectividade entre matriz e filiais e parceiros de negócios, utilizando equipamentos de última geração, com velocidades entre 1 Megabite por segundo até 10 gigabits por segundo, total privacidade e banda 100% garantida.