Contrate agora Soluções Vogel

Contrate agora Soluções Vogel

Área do cliente EN

25. Jul. 2018 Cinco cargos de TI em alta e as competências exigidas

TAGS:

Buscar no blog


Cinco cargos de TI em alta e as competências exigidas

Carreiras como Engenheiro de Dados, Arquiteto de Soluções e Segurança/Infraestrutura são cada vez mais procurados

 

transformação digital tem remodelado o perfil profissional em todos os campos, inclusive em TI. Esse ano, os investimentos das empresas em tecnologia devem crescer 4,5%, segundo estimativas da Gartner.

 

Ao mesmo tempo, cargos como Engenheiro de Dados, Arquiteto de Soluções e Segurança/Infraestrutura são cada vez mais procurados na i-Hunter, empresa que oferece soluções em software para Gestão de Recursos Humanos, Recrutamento e Seleção de pessoas.

 

Saiba quais competências as empresas têm buscado para esses cargos em alta.

 

1. Engenheiro de dados

 

Os contratantes têm buscado profissionais com amplo conhecimento em linguagens de programação e processamento, matemática, estatísticas, inglês e visão de negócio. Tidos como a nova geração de especialistas em análises de dados, eles desenvolvem uma função estrategicamente essencial para as empresas ao aplicar conhecimentos analíticos para resolver complexos problemas de mercado.

 

2. Arquiteto de soluções

 

Sua principal atribuição é alinhar os objetivos de negócio da empresa com as decisões sobre software, plataforma e infraestrutura. É importante ter experiência tanto em hardware quanto em software e saber lidar com ambientes de sistemas heterogêneos e complexos. O conhecimento em redes de dados, incluindo internet, é necessário para comunicação em cloud ou integração com parceiros. Além disso, o profissional precisa ser capaz de sugerir soluções por meio de sistemas e subsistemas, assim como novas tecnologias de infraestrutura e sistemas.

 

3. Segurança da informação e infraestrutura

 

É imprescindível estar em constante atualização sobre novas ameaças e métodos de prevenção de fraudes. “Responsável pela manutenção de dados internos e sigilosos, o especialista também previne golpes e qualquer vazamento de informação, por isso é um diferencial participar em comunidades de segurança da informação e até mesmo de hackers”, detalha Rudolf Hohn, sócio-fundador da i-Hunter.

 

4. Analistas de testes

 

Possuir conhecimento em automação dos testes é um diferencial e necessitam de uma boa capacidade investigativa, pois são eles que testam a qualidade dos softwares e, de maneira crítica, avaliam acertos e eventuais inconsistências referentes às implementações aplicadas por desenvolvedores. Ao final geram documentações com o relatório dos testes aplicados.

 

5. Analistas de business intelligence (BI)

 

Cada vez mais estratégicos para as empresas que procuram estar um passo à frente no mercado, trabalham em conjunto com a área técnica e de negócios das corporações e são responsáveis pela manipulação de grande volume de dados com o objetivo de indicar importantes tendências e informações. Para ingressar nessa área é importante ter raciocínio lógico, familiaridade com linguagens de programação e metodologias de análise, além de uma ampla visão de gestão e processos empresariais, para lidar com tomadas de decisões.

 

Mais do que nunca, os profissionais têm de se atualizar e acompanhar as transformações digitais. “A inovação tecnológica tem motivado as empresas a se adaptarem e buscarem profissionais que estejam alinhados a essas inovações. Aqueles que não acompanharem a nova realidade, sofrerão as consequências”, conclui Rudolf.

 

Publicado em 25/05/2018 às 07h58

http://computerworld.com.br/2018/5/25/5-cargos-de-ti-em-alta-e-competencias-exigidas-para-cada-um