Contrate agora Soluções Vogel

Contrate agora Soluções Vogel

Área do cliente EN

26. Set. 2017 Como o setor de TI pode influenciar nos resultados

TAGS:

Buscar no blog


Como o setor de TI pode influenciar nos resultados

Como o setor de TI pode influenciar nos resultados da empresa

 

1 - Introdução

 

Não importa o setor ou o porte, qualquer tipo de empreendimento hoje depende da TIC (tecnologia da informação e comunicação) para crescer e se manter no mercado. E não é por menos.

De acordo com dados do Banco Mundial, hoje mais da metade da população do Brasil já tem acesso à internet. E com mais pessoas chegando à web, mais gente tem contato com ferramentas de comparação de preços, sites de reclamação, fóruns e outras milhares de informações que podem influenciar no sucesso ou fracasso do seu empreendimento. Resultados esses que podem ser melhorados e contornados desde que sua empresa esteja conectada.

E foi pensando nisso que criamos esse e-book: um livro digital recheado com várias dicas e informações relevantes para quem busca qualificar os resultados através da melhora do desempenho do setor de TI.

Para começar, vamos entender um pouco melhor sobre como os serviços de TIC podem influenciar na prática o desempenho da sua empresa.

 

2 - Como os serviços de TIC influenciam no desempenho do seu negócio?

Do relacionamento com os clientes até o andamento das operações internas, a tecnologia da informação se tornou nos últimos anos um conjunto mais do que essencial para as atividades de uma marca. Aprenda como isso tem acontecido no mercado.

 

2.1 Sistemas

 

CRM

Na ponta do lado do cliente, um dos sistemas mais conhecidos hoje é o CRM, ou Customer Relationship Management (Gestão de Relacionamento com Clientes, em português). O CRM registra todas as informações de compra e as cruza com outros dados relevantes. Volume de aquisições feitas por uma pessoa, datas com maior número de vendas, produtos com maior número de reclamações são algumas das opções que ajudam a traçar um perfil do cliente daquela empresa.

Outra boa utilidade do CRM é, utilizando todos esses dados, criar ações para abordar de forma mais eficaz os potenciais clientes de uma marca.

 

ERP

Já do lado de dentro da empresa, temos o ERP, ou Enterprise Resource Planning (Planejamento dos recursos da empresa, em português). Um sistema que ajuda no gerenciamento dos recursos de cada parte do negócio.

Através de vários módulos, o ERP concentra as informações de todas as áreas de uma empresa e, depois, cruza esses dados, oferecendo um mapa completo dos gastos de cada setor.

 

BPM

Tal com o ERP, o BPM, ou Business Process Management (Gestão de processos de negócio, em português) é um sistema que abrange todos os setores de uma empresa. Nesse caso, o foco é nos processos humanos ou aplicativos. Ou seja: ela busca encontrar a melhor performance relacionada à atividade de um negócio, com a automatização de alguns desses processos.

 

2.2 Conectividade

Ter uma boa equipe de TI significa também economizar ao encontrar as melhores soluções para a conexão de internet da sua empresa. Destacamos duas opções:

 

Banda Larga

Também conhecida por ADSL, a banda larga convencional é aquela conexão que sua empresa assina com um provedor e, a partir daí, recebe a porta de entrada com a internet. Apesar de ser o modelo mais simples de ser contratado, por ter o cabo de transmissão dividido com outras empresas e pessoas, esse tipo de acesso traz algumas vantagens e desvantagens.

 

Vantagens:

  • Custo relativamente baixo
  • Instalação rápida

 

Desvantagens:

  • Sinal oscilante
  • O sinal adquirido raramente chega ao consumidor com mais de 20% de sua totalidade

 

Link dedicado

Bem mais rápido do que a banda larga, o link dedicado é o mais procurado por empresas que precisam de uma conexão estável por praticamente 100% do seu tempo - como firmas de hospedagem ou aquelas que trabalham diariamente com transações financeiras.

No entanto, assim como acontece com a banda larga tradicional, o link dedicado também tem questões que o empresário e sua equipe de TI precisam levar em consideração:

 

Vantagens:

  • Sinal estável
  • O sinal adquirido é exatamente aquele pelo qual a empresa paga para receber

 

Desvantagens:

  • Alto custo de contratação
  • Instalação e manutenção mais complexas

 

2.3 Datacenter

Assim como no caso da conectividade, a escolha do tipo de datacenter ideal para a sua empresa pode afetar bastante a velocidade, qualidade e resultados dos negócios. E para não fazer mau negócio, é bom conhecer as diferenças básicas entre um centro de dados próprio e um externo, no estilo cloud computing.

 

Datacenter próprio

 

Vantagens:

  • Hardware personalizável - tanto o dono do empreendimento quanto sua equipe de TI podem mudar e adicionar a tecnologia que achar melhor, de acordo com a demanda
  • Controle - Como você cuida diretamente do hardware, sua empresa tem total controle do que fazer com os dados

 

Desvantagens:

  • Tem um valor de implementação significativamente caro
  • Tem um limite físico de aprimoramento

 

Cloud Computing

 

Vantagens:

  • Valor bem mais em conta para pequenas em médias empresas
  • Leva pouquíssimo tempo para ser implementado

 

Desvantagens:

  • Segurança - apesar das empresas de cloud computing costumarem contar com bons equipamentos e uma boa equipe de segurança, ela nunca é 100% garantida, além de chamar mais a atenção de grupos de hackers.
  • Hardware - neste caso, existe um limite pré-estabelecido de até quanto pode ser oferecido de hospedagem e velocidade de dados. Caso sua empresa precise de mais no futuro, a nuvem pode não se adequar corretamente.

 

3 - Escolhas de TI que podem reduzir a performance e prejudicar os negócios

Investir corretamente em insumos para a equipe de TI é sempre uma ótima escolha para a sua empresa. No entanto, é importante lembrar como algumas decisões dessa equipe – muitas vezes atreladas ao orçamento – podem também prejudicar o seu negócio. Por isso, é também sempre bom ficar de olho e entender um pouco a respeito da tecnologia usada por ela.

Pensando nisso, listamos aqui três escolhas de TI bastante comuns que podem atrapalhar a saúde financeira e profissional do seu empreendimento.

 

3.1 Datacenters de baixa performance

Existem diversas vantagens em ter um datacenter próprio para a sua empresa. Porém, vale lembrar que optar por um sistema desses costuma ser algo bastante complexo e até caro. Por isso, tenha em mente que aqueles computadores precisarão de manutenção rotineira e também de upgrades que podem não ser baratos.

Além disso, vale colocar na ponta do lápis o custo com no-breaks, assistência 24 horas e tecnologias de resfriamento. Afinal, você não vai querer o seu datacenter saindo do ar por causa de uma repentina onda de calor ou uma pancada de chuva, certo? 

 

3.2 Internet ruim

Empresas que trabalham com internet precisam de… internet. E, apesar de ser algo muito óbvio, essa lógica não costuma ser pensada na importância que merece. Várias empresas que necessitam de uma boa conexão falham por confiar apenas em sua banda larga, ficando com o serviço interrompido durante horas. Com isso, ocorrem atrasos na entrega de relatórios, trabalhos e até dados de compras de clientes.

Assim, tanto os gestores como sua equipe de TI precisam planejar bastante os gastos extras que uma internet mais fraca pode trazer afim. Com isso, é possível verificar se um link dedicado, às vezes, não é a melhor escolha.

 

3.3 Falta de investimento correto em software

Há uma boa quantidade de softwares gratuitos na internet. Muitos deles são bastante eficientes, como Dropbox, Google Drive, Trello, entre outros. No entanto, até mesmo esses bons programas tendem a ter uma limitação, precisando às vezes de uma licença ou uma mensalidade para que possam entregar sua capacidade total. E é aí que muitos empresários falham.

Sem se preocupar com esses detalhes, muitos gestores optam por softwares gratuitos em busca de uma economia que, não raro, mostram-se caras demais por não trazer a mesma performance dos modelos tradicionais ou pagos. Exemplos disso são o Libre Office, no lugar do Microsoft Office, ou o Gimp em vez do Adobe Photoshop. Portanto, lembre-se de priorizar a qualidade antes de tudo.

Se a versão grátis de um programa não tiver todos os recursos necessários, procure saber quanto custa a sua versão completa, ou se não seria melhor optar por outro nome. E, claro, nunca se esqueça de evitar aplicativos piratas.

Ao ficar de olho nesses erros mais comuns, será mais fácil extrair a melhor performance do seu setor de TI – e ver o resultado disso nos lucros da empresa.

 

4. Conclusão

Com um número cada vez maior de opções de hardware e software disponíveis no mercado, encontrar aquela solução para o setor de TI que cabe no seu bolso se tornou algo ainda mais fácil. E como vimos por aqui, não raramente esse investimento se transforma em bons resultados para os negócios da sua empresa.

Agora que você conferiu essas dicas, acesse o site da Vogel Telecom e veja as soluções que oferecemos para o seu negócio!