fbpx
Pular para o conteúdo

Blog da Vogel

Entenda a importância da conectividade para  o avanço da telemedicina

Dicas de TI | Jessica, 05/11/2020

Entenda a importância da conectividade para o avanço da telemedicina

Você precisa de um remédio. O médico emite uma receita num sistema online, atesta a veracidade por meio de assinatura eletrônica e manda para o seu celular. Ao apresentar o celular na farmácia, o funcionário lê o QR code e fornece o medicamento. Essa é apenas uma das simplificações e avanços que a tecnologia está trazendo à medicina.

Reconhecida pela Organização Mundial de Saúde desde os anos 1990, a Telemedicina é um avanço que derruba fronteiras físicas e aumenta a cobertura do acesso à saúde.

Por meio de computadores, softwares e bancos de dados, os médicos, enfermeiros, técnicos e socorristas têm condições de prestar assistência de forma mais veloz, mesmo que remotamente. Essa possibilidade se tornou mais interessante em tempos de pandemia, tanto que o enrosco legislativo em torno da regulamentação da telemedicina no Brasil foi deixado de lado, ao menos por enquanto.

Os benefícios de se poder fazer uma consulta pela internet, avaliar o resultado de um exame, fazer a receita e dar um diagnóstico a distância são muito evidentes.

Quanto mais veloz fica a conectividade e os sistemas que avaliam os dados se sofisticam, maior o número de procedimentos que podem ser adotados de maneira mais segura, até chegar na cirurgia remota. O médico poderá comandar um robô, que realiza as tarefas mecânicas enquanto o olhar humano fica mais atento a todos os detalhes.

Com a Internet das Coisas, os socorristas podem ter acesso a prontuários de pessoas mesmo que elas não consigam se identificar, o que economiza um tempo que pode ser decisivo para salvar uma vida. Já por meio de Inteligência Artificial é possível criar mecanismos de triagem de pacientes com bots, o que poupa o tempo dos profissionais e torna o atendimento mais eficiente, sem filas de espera intermináveis causadas por uma rede subdimensionada.

Se temos prontuários na nuvem, tomógrafos e aparelhos de ultrassom enviando dados pela Internet para médicos, fica claro o quanto é fundamental garantir que a qualidade dessa conexão seja capaz de suportar uma atividade tão sensível e fundamental para a saúde da população.

A infraestrutura de banda larga para consultórios e dedicada para laboratórios e hospitais parece um caminho natural com o aumento da interação remota entre médicos e pacientes. Desde o início da pandemia, fez-se 50% mais contatos online nos EUA. Em São Paulo, o Hospital Albert Einstein pulou de pouco mais de 1 mil atendimentos em fevereiro para mais de 20 mil em maio. Sua base tem dados de 1,6 milhão de pessoas em 1.200 cidades brasileiras.

Não resta muita dúvida de que o futuro da medicina será tecnológico. 

A Vogel Telecom oferece o que há de mais moderno em termos de conectividade. Links dedicados com velocidades fixas de até 10Gbps, rotas com baixa latência, conexão flat ou protegida, acesso a datacenters e IP Fixo /30 IPv4 ou IPv6. Infraestrutura e soluções de conectividade sob medida.

Quer saber mais sobre as nossas soluções? Clique aqui e mude o padrão da sua conexão.

Artigos Recentes

Você sabia que a fibra óptica evita risco de queda de sinal por interferências eletromagnéticas?

Você sabia que a fibra óptica evita risco de queda de sinal por interferências eletromagnéticas?

Leia mais
Conheça mitos e verdades sobre fibra óptica

Conheça mitos e verdades sobre fibra óptica

Leia mais
Como proteger sua rede corporativa de ameaças virtuais

Como proteger sua rede corporativa de ameaças virtuais

Leia mais
Wi-Fi público: conheça os perigos de usar uma conexão compartilhada

Wi-Fi público: conheça os perigos de usar uma conexão compartilhada

Leia mais
Atendimento 24h
0800 800 7878